• Home
  • Tag: profissionalismo

A realidade dos fatos, a verdade descrita.

Quem realmente vai escutar o grito de socorro?

Quando terminei de ver a minissérie Inacreditável”, na Netflix, refleti sobre a sociedade em que vivemos, e principalmente a organização que temos.

A diferença que é do profissional que deseja resolver a situação e daquele que não quer se envolver. E abafa o caso.

Há muito casos abafados.

Vejam o resumo:

A ideia que a série passa é de que há uma diferença entre a abordagem de policiais masculinos e femininos em casos de abuso sexual e estupros.

O ponto crucial de Inacreditável é como os policiais e detetives designados originalmente para o caso de Marie usam táticas de interrogatório e informações ruins, desgastando-a até o ponto em que ela parece achar que seria mais fácil se ela apenas disser que mentiu sobre ser estuprada. Além disso, ela começa a ficar perturbada com toda a situação, fazendo com que sua credibilidade fosse questionada ainda mais.

A história de Marie não é um caso isolado: a violência sexual ainda é comumente tratada com uma negligência que beira a hostilidade.

Paralelos mais recentes ao caso de Marie também não faltam, surgindo em coberturas da mídia e na literatura acadêmica nos anos que se seguiram à denúncia de estupro feita por ela.

De 2009 a 2014, o Departamento de Polícia do Condado de Baltimore arquivou 34% das denúncias de estupro recebidas como sendo falsas ou carentes de embasamento. Essa porcentagem em si já seria um dado perturbador, mas é ainda mais chocante constatar como se chegou nisso: o departamento muitas vezes descartava as denúncias sem sequer ter seguido o protocolo básico de encarregar um detetive especializado em crimes sexuais de entrevistar a suposta vítima (…).”

Mediante a dor desta personagem que foi baseada em fatos reais, me pergunto: o que leva uma pessoa a desacreditar no ser humano?

Eu prefiro acreditar na mentira das pessoas até que elas consigam falar a verdade.

Julgar que o outro está mentindo, ajuda-o a ser pior do que ele já está.

Assista e tire suas conclusões.

WhatsApp chat