Roda de Conversa

Ensino da Arte na escola

Prezados leitores, como professora de Artes, psicopedagoga e psicologa, decide criar essa Roda de Conversa no site para trazer alguns informes sobre o que a arte provoca nos alunos, seja no Ensino Fundamental II e Ensino Médio. Tenho visto, muitos professores com dificuldades para elaboração de Planos de Curso. Acredito que essas informações vão colaborar com os professores.


Tendo em mente que para a educação caminhar em direção à emancipação humana, estimulando a formação da consciência, ela deve possibilitar condições para o aluno refletir, perceber, compreender e analisar a natureza histórica de seu contexto. A linguagem da arte na educação tem um papel fundamental no desenvolvimento do aluno, envolvendo os aspectos cognitivos, sensíveis e culturais. Por meio do contato com objetos e materiais artísticos é possível ampliar o conhecimento de mundo do aluno, levando-os a conhecer as diversidades culturais, políticas, econômicas e sociais dos momentos históricos, além de explorar as diversas formas de expressão artística. A arte desenvolve a consciência social e a reciprocidade, contribuindo para a formação de sua percepção de mundo, promovendo a integração social. Através da arte, os alunos são estimulados a ser conscientes da necessidade de transformação social, uma vez que, ao compreenderem melhor o que está posto pela sociedade que os cerca, conseguirão agir de forma ativa, mostrando sua essência criativa, crítica, compreensiva e transformadora. Além de estimular os sentidos do aluno através do conhecimento sobre as artes, da interpretação de objetos artísticos e de reflexões, a aprendizagem artística estimula o educando a desenvolver sua capacidade criativa.

Ao libertar as potencialidades criadoras, conhecendo novos materiais e usando-os em situações vivenciais, cada aluno adquire sua autonomia e o respeito com as criações dos outros. Por meio da educação estética, colocaremos os alunos em contato com os sons, imagens, movimentos, ferramentas e materiais, estimulando assim os seus sentidos, e motivando a imaginação criadora, a expressão, a capacidade estética, as possibilidades de improvisação e de transformação, indo para além da superficialidade, contribuindo para o desenvolvimento cognitivo, crítico, estético e social. O acesso aos conteúdos artísticos será estimulado de forma a contribuir e possibilitar o surgimento de novos valores e significados no campo da arte e da cultura. As atividades são planejadas para que o educando possa, através da ação, aprofundar o conhecimento e a experimentação estética, pautando-se numa relação com o belo através da história. Em síntese, com o ensino da arte possibilitamos a apreciação e experimentação, ao educando, das diversas manifestações artísticas (artes visuais, teatro, dança e música), compreendendo-as nos mais variados contextos sociais como formas de expressão do ser humano através do tempo. Proporcionaremos através das atividades práticas um pensar e agir na transformação dos objetos, cores, sons, gestos, a ressignificação dos próprios costumes, atitudes e valores, fazendo com que realizem produções artísticas individuais e coletivas usando as diferentes linguagens da arte.

Refletiremos sobre o contexto onde estão inseridas as obras, instrumentalizando a investigação da realidade e a constituição de identidades. Queremos que os alunos conheçam, analisem, reflitam e compreendam os critérios culturalmente construídos e embasados em conhecimentos afins, de caráter filosófico, histórico e sociológico. Também queremos que experimentem atividades de expressão corporal, sons e ritmos. Os conduziremos ao conhecimento dos elementos básicos das linguagens visuais. Esperamos que observem e reconheçam a leitura das diferentes linguagens de comunicação visual, teatral, musical e da dança, edificando uma relação de autoconfiança com a produção artística pessoal e conhecimento estético, sempre respeitando a própria produção e a dos colegas. É através de pensamentos traduzidos em imagens, movimentos e palavras, que a arte nos remete ao universo do saber.

Portanto, ela é a ação consciente do homem que se une à compreensão da realidade através do trabalho criativo, ou seja, a arte é a união da subjetividade com a objetividade. E quando a ação é consciente a consequência é a capacidade de transformar, permitindo que o subjetivo se integre a algo objetivo, ao projetar, idealizar e objetivar a criação do novo. Assim, nosso objetivo geral é humanizar através da arte.


Maria de Lourdes Batista

1 Reply to “Roda de Conversa”

  1. Concordo com esta explanação.
    Acredito que por diversas linhas e estratégias podemos explorar as diversas linguagens artísticas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat