Por que perdemos o foco nas tribulações?

De repente um vento forte arranca o telhado, deixa sua casa sem proteção, molha as paredes e aquela sensação de medo; será que ela vai cair?

A chuva forte arranca o telhado que parecia seguro há 20 anos. O telhado simboliza proteção e abrigo. Ele tem uma representação semelhante à cabeça na estrutura do corpo humano.

Nesse sentido a sensação inicial é de perda, de fracasso, não vai dar para começar novamente. O corpo fica frágil e a doença se aproxima indicando que não tem forças para ir atrás do conserto.

E a vida é assim, se viver é uma arte, como perdemos o foco em meio as tribulações?

Parece que tudo se perde, o sentido da vida voa também como as telhas que foram lançadas fora pelo vento forte.

Nas palavras de Drummond encontramos um fio de esperança:

” Mesmo que o hoje te dê um não, lembre-se que há um amanhã, a certeza dos passos devem ser traçados ao lado de quem nos ama; e que o amor, a paz, a confiança e a felicidade, é a base para o recomeço.”

As vezes os apegos são empecilhos para os passos seguintes, a dificuldade de parar e pensar no que fazer agora, acreditando em si mesmo, na busca do que será prioridade daqui pra frente.

Um acontecimento marca uma nova etapa, mas, é preciso observar o tempo presente.

A vida, é como um livro do qual nós somos os autores, ele não vêm pronto, antes de nascermos ele está em branco, ao nascermos introduzimos as primeiras passagens – um começo e com o tempo através das escolhas vamos escrevendo-o página por página, rabiscadas, rasgadas ou marcadas, onde encontramos obstáculos, nos últimos dias de vida concluiremos, e no final deixamos nossas historias marcadas no coração daqueles, que sempre farão parte de nossa historia.

Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo, é renovar as esperanças na vida e o mais importante, acreditar em você de novo.

As lembranças passadas ficam, vivemos o que era pra ser vivido.

Reconstrua seu telhado e crie forças para ser forte diante dos conflitos.

Arte de viver.

Maria de Lourdes Batista.

Maria de Lourdes Batista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat