Meu Filho é desatento.

Uma mãe me enviou um e-mail com essa questão, de desatenção.

Vamos entender um pouco mais sobre a desatenção.

A distração, a desatenção e falta de concentração poderá ocorrer na criança por falta de organização e foco.

Desatenção é sintoma do TDAH

E o que é isto afinal?

Distração tem dois significados principais. O primeiro é diversão, lazer. O segundo é falta de atenção, pouca concentração.

Prestar atenção, significa inibir distrações, de forma flexível e de acordo com as necessidades de cada tarefa. No TDAH, estas capacidades estão prejudicadas. É necessário auxiliar a criança no gerenciamento das suas atividades.

As capacidades de atenção e memória de curto prazo são as funções cognitivas mais suscetíveis à influência prejudicial de fatores internos ou externos. Nesse sentido, torna-se ainda mais complexo buscar explicações para os problemas de atenção, em todas as suas formas. A saber: Distração (dificuldade em fechar o foco), em sustentar o esforço e flexibilidade cognitiva.

Um ponto importante.

Insegurança, dificuldades de escolher, baixa autoestima, são situações que comprometem o desenvolvimento da criança.

A desatenção é a capacidade limitada de permanecer atento por um tempo necessário para realizar ou compreender determinada tarefa.

É importante reforçar que para considerarmos a falta de atenção como um sintoma de TDAH deve-se observar sua frequência, persistência e duração, e essas manifestações devem necessariamente  trazer prejuízos para a vida do indivíduo.

Observar esses prejuízos e percebe-los no cotidiano da criança.

O comportamento desatento de uma criança pode ser motivado por vários fatores, incluindo um transtorno de aprendizagem.

Verifica-se uma dificuldade de aprendizagem quando a criança é capaz de executar as tarefas, possui as habilidades necessárias, mas não as demonstra de forma constante.

O transtorno de aprendizagem seria uma dificuldade significativa na capacidade em desenvolver habilidades e aprender, incluindo dislexia, disgrafia e discalculia.

Os transtornos de aprendizagem são distúrbios que afetam a leitura, escrita, capacidade intelectual, atenção.
Uma avaliação psicopedagógica cautelosa poderá ajudar a diagnosticar a presença ou não destes distúrbios que acabam afetando diretamente o desenvolvimento do aluno, sua auto estima e atingindo também pais e educadores.

Maria de Lourdes Batista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat