Como lidar com o adolescente?

A adolescência é um período conturbado para quem passa pelo processo e também para muitos dos que estão à sua volta . Estatísticas demonstram que as famílias não sabem lidar com o processo de mudanças que ocorrem nesse período.

Nas escolas professores não sabem também lidar com essa fase, ela é marcada pelo desejo de liberdade, o aumento do pensamento crítico e aproximação do grupo de amigos.

Faço atendimentos para casais e sessões individuais para as mães. Meu público é a família. Constato que a mãe que não sabe lidar com a criança, não sabe lidar com o adolescente. É como uma rede que vai se formando, ou com a semente lançada na terra, se cultivada de forma correta, produzirá frutos.

O pai, parece as vezes ser somente o provedor, fica olhando o que está acontecendo na família e por vezes não tem o vínculo afetivo.

Transformações

A criança com 12 anos passa por várias transformações, a chamada puberdade, é o período em que o adolescente sofre transformações no físico: meninas crescem mais rápido que os meninos, a altura muda, os ossos ficam mais espessos, nas meninas o seio cresce, ocorre à menarca (primeira menstruação) e o aparecimento de pelos.

Nos meninos há o crescimento do pênis, início da produção de espermatozoides e primeira ejaculação. Essas mudanças corporais geram muita angústia aos adolescentes.

A angústia do Adolescente, que pode gerar ansiedade.

Entendendo a adolescência

Vamos conceituar adolescência, palavra que deriva do latim, adolescência, ad: a, para a + olescere: forma incoativa de olere, crescer, que quer dizer a condição ou o processo de crescimento.

O termo se aplica ao período da vida compreendido entre a puberdade e a maturação orgânica do corpo, cuja idade ocorre aproximadamente dos 13 aos 21 anos. 

O termo adolescência não é universal, uma vez que em muitas sociedades não possuem este conceito. Porém, cada cultura tem o seu conceito, baseando-se sempre nas diferentes idades para definir este período.

Essa informação é relevante, saber que é uma fase tão nova, e tão difícil de viver, trás compreensão e quem sabe ajuda no olhar essa fase de forma diferente.

A adolescência é uma etapa evolutiva peculiar ao ser humano e para compreendê-la é preciso estudar os aspectos biológicos, psicológicos, sociais ou culturais.

Como o adolescente se posiciona na sociedade ?

Pela história consta que por muito tempo, as crianças eram introduzidas no mundo do trabalho a partir dos sete anos; poucas estudavam ou permaneciam muito tempo no sistema educativo, onde também não estavam separadas por níveis diferenciados de idade.

A adolescência não era considerada um período particular de desenvolvimento, não existia, ainda, uma cultura adolescente.

Em consequência da complexidade das sociedades modernas industrializadas foi-se criando um espaço intermediário entre a infância e a idade adulta, entre a maturidade bio-fisiológica e a maturidade psicossocial, sendo resultado dos padrões de mudança da nossa sociedade.

Nesse período da adolescência-puberdade, os adolescentes enfrentam exigências sociais novas e, às vezes, drásticas. Fazer tudo que fazem os adultos não podem, nem podem fazer coisas de crianças, pois o adolescente não é um nem outro.

Assim, falta a identidade do ser adolescente.

Talvez o que mais ocorre na sociedade é a crise de identidade do adolescente, por isso, muitos desencontros na sua vida em todo o sentido.

Pode-se perceber também o quão importantes são às primeiras relações mãe e filho, para o desenvolvimento da identidade do adolescente, pois este é o período de maior importância no que se refere a sua sexualidade, cidadania, profissão, etc. Enfim, a fase na qual o seu mundo interior se concretiza e se conecta com o mundo exterior dos valores, da moral, da sociedade.

Falar no amadurecimento dos adolescentes depende muito do contexto social em que vivem, porque, na atualidade, as mudanças são bem mais rápidas que anteriormente, inclusive para os próprios pais que não conseguem acompanhar essas mudanças, devido à facilidade das informações, a força da mídia, as transformações sociais, e, pelas exigências da necessidade de sobrevivência.

A grande dificuldade de pais e profissionais que lidam com adolescentes é dar liberdade, mas sem deixar de garantir uma supervisão e dar limites que ajudem a minimizar riscos e consequências ruins para suas ações.

Você tem dificuldades de lidar com o adolescente, conheça nosso programa:

Maria de Lourdes Batista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat