• Home
  • Archive by category "Sem categoria"

Quais as situações que mais causam conflitos nos Relacionamentos?

É uma pergunta difícil.

Recebi um e-mail de uma jovem que passa por muitas dúvidas no seu relacionamento e trazendo essa questão.

Vamos pensar juntos, quais seriam as situações que causam conflitos?

Vou colocar aqui algumas lições.

Lição  01 – Compreensão do que é Amar.

Muitas pessoas tem dificuldade de amar, muitas dizem “o amor acabou “.

Será que no mundo moderno as pessoas tem dificuldades de trabalhar sua vida afetiva?

Para entrarmos em contato com essas questões, devemos fazer o processo de autoconhecimento para entender .

Daí você pode dizer: “nossa isto é mais difícil do que eu pensei.”

É mesmo, colocar os pingos nos is na relação é uma tarefa árdua e exige sinceridade de ambas as partes. Fazer luz sobre a  vida afetiva é entender os detalhes do cotidiano, é ter consciência que estou dividindo um espaço com o outro. Ele é diferente de mim.

E o amor como fica? Amar  é um desejo, é uma necessidade e “ Amar é um ato de decisão. “ Você decide ficar com essa pessoa.

Lição 02 : Trabalhando a autoestima

  • O que é Autoestima?

Significa um sentimento de valor e de competência pessoal.

Pessoas com autoestima elevada são capazes de enfrentar os maiores desafios com serenidade e confiança em si mesmo (a).

Solucionam os problemas em vez de culpar os outros.

Aprendem com o fracasso e tentam novamente em vez de desistir. 

O que baixa ou levanta nossa autoestima não é o que as pessoas fazem ou dizem a nosso respeito, mas o que “nós dizemos para nós mesmos depois que o outro parou de falar”.

 Essa conversa interior irá depender de como estamos sentindo-nos interiormente

Pense nessas duas lições.

Maria de Lourdes Batista

Psicóloga online e presencial.

.

Áudio Post

Encanto e desencanto de nossas escolhas

Este podcast é o primeiro sobre o Encanto e o desencanto de nossas escolhas, se trata de orientação profissional e sobre as escolhas que fazemos em nossa vida, algumas vezes causando insegurança, dúvidas e medos.

Algo fundamental em nossa vida é o encanto, uma reação necessária que provoca uma sensação de interesse intenso.

Como você faz a suas escolhas?

Ouça pra saber mais.

https://www.apsicologiaonline.com.br/wp-content/uploads/2019/07/Encanto-e-desencanto-das-nossas-escolhas-3.m4a

Fique por dentro

Vamos resolver os Conflitos Familiares?

O Programa os conflitos familiares trabalha com a psicologia do desenvolvimento e processos de criação para o autoconhecimento e gerenciamento dos conflitos.

O que é trabalhado:

é um processo de aprendizagem com o uso da Psicoeducação, que é uma intervenção terapêutica para compreensão do transtorno e como será o seu tratamento, incluindo o conhecimento dos aspectos emocionais, capacitando as pessoas bem como os familiares, a enfrentar com  situações praticas as questões  vivenciadas pelo paciente nos momentos de conflitos e tensões. Visa buscar uma ordem interna, compreendendo  também a ordem que o mundo  expressa para o ser humano. Auxiliando no posicionamento da criança, do adulto e da família frente as informações que recebemos.

Temas: Traumas, sentimentos de não existência e ansiedade.

Acesse: https://www.apsicologiaonline.com.br/produto/programa-arte-de-viver-gerando-conflitos-familiares/

Para quem é meu Trabalho

Para quem tem conflitos

 Vou começar  destacando essas 05 frases que  podem acabar com qualquer conflito segundo alguns autores.  

1. Sim, tem razão… 

Cria possibilidades do outro passar a escutar, a ter um diálogo

 2. Como posso resolver esse problema?
Se isso ocorrer no trabalho busque informações para que o erro seja reparado.
 3.Vamos ver isso de uma perspectiva diferente.
Analise o problema de vários ângulos. A possibilidade de resolver a tensão é maior.
 

4. Bem, eu entendo você!  

Essa frase quebra um ciclo de mal entendidos. Será o primeiro passo para resolver o conflito sem discutir ou gritar.

5. Vamos dar uma pausa, refletir e depois decidimos. 

Dar uma pausa, respirar, ajuda na relação. O conflito poderá terminar naturalmente. 

 Como acontece os conflitos?  

As pessoas sempre fazem perguntas, e as vezes não encontram ou não querem encontrar respostas. Parece que a vida é feita de problemas, de doenças, de discussões e do sentimento de não ser amado(a).  

O que  importa é saber lidar com cada situação, como gerenciar o mal estar que se estabelece, quando  os dois não querem baixar a guarda. 

No relacionamento conjugal os filhos que saem prejudicados, pois o casal discute na frente deles. Causando alguma dificuldade posterior. 

Conheça o Programa 

A Arte de viver sem  CONFLITOS.

Maria de Lourdes Batista

 

 

Seu filho é curioso?

A Curiosidade pode levar as pessoas  ao uso indevido do álcool e drogas?

Essa pergunta gera muitas respostas.  Primeiro, a adolescência é marcada por uma fase de muitas experiências e para os pais é um desafio acompanhar todas as mudanças.

Uma delas é o desenvolvimento corporal, outra é o envolvimento com o grupo e para ser aceito o adolescente aceita as regras que o líder do grupo impõe.

Uma segunda respostas seria que na fase da juventude  existe essa crença:

“A melhor fase da vida, a juventude, é o momento das conquistas, a época das grandes viagens, a realização de sonhos. Ou pelo menos é isso que sempre ouvimos falar. Entretanto a realidade da maioria dos jovens é bem distante deste conto de fadas mal explicado.” O jovem talvez busque a droga para acalmar seus pensamentos, temos também a palavra “desacelerar” os desejos e as ideias.

Uma terceira resposta é que na fase adulta para alguns autores tem início aos vinte e um anos de idade. Neste período, as mudanças que ocorreram na adolescência já se estabilizaram e a responsabilidade aumenta bastante.

Assim, se a responsabilidade não foi efetivada, os pais perdem o controle da situação, ou seja, o desenvolvimento do seu filho fica nas mãos de outros, pois ele vai buscar a identificação de papéis fora da estrutura familiar.

Em muitos casos, a pessoa já está financeiramente independente dos pais, parcial ou completamente, e já ingressou no mercado de trabalho. Na fase adulta as pessoas tendem a traçar suas metas e objetivos, se casam, têm filhos e planejam o futuro a partir das experiências vividas e expectativas de desejos a serem alcançados.

A fase adulta é a etapa mais longa da existência do ser humano e precisa receber maior atenção devido à diversidade de desafios colocados aos indivíduos neste período. Logo, compreender as interações que perpassam o fenômeno da vida adulta em cada ser humano é entender o processo de desenvolvimento, com seus aprendizados e singularidades. É a fase de firmar o seu papel na sociedade com responsabilidades, direitos e deveres e necessidades e desejos de novas conquistas.

Fica a reflexão. Caso seu filho não tenha responsabilidade, não tenha metas, sua curiosidade não o leva a concretizar seus pensamentos fique ligado, ele pode estar sinalizando para você que precisa de ajuda.

Aconselhamento em dependência química é fundamental.

Conheça o Programa: Arte de viver sem vícios.

Sucesso

A pessoa que deseja fazer sucesso, ela aplica  esses passos:

O modelo de sucesso dedica aproximadamente 25% da energia
psíquica e física ao futuro. Criando deliberadamente imagens positivas e,
em menor quantidade, também imagens negativas do que pode acontecer.
Discutindo e planejando ações futuras. São imagens extraordinárias das
coisas boas que estão sendo plantadas no cérebro.

A pessoa ela vive a máxima que diz: tem poder que age, Paulo Vieira, porém vemos que ela também aprende com os erros do passado. E que planeja
detalhadamente o futuro, entendendo que ela não apenas age, mas age
certo, no tempo certo. De fato, ela dedica aproximadamente 65%
de toda a sua energia física e psíquica à ação. Se fôssemos atribuir uma
palavra definidora a essa pessoa, a palavra seria AÇÃO.

Fica a dica, se tiver alguma dificuldade de ser uma pessoa de sucesso entre em contato conosco. 

Como lido com as minhas perdas?

Encontrei essa frase em um artigo: “Quando a vida nos coloca uma oportunidade, sugerindo deixarmos o estado de segurança e conforto em que nos encontrávamos, fazer uma escolha pode não ser algo simples. A proporção da mudança será maior ou menor segundo seja a disposição do ser em correr riscos.” A expressão correr riscos chama atenção em vista de fazer um convite; saia da sua zona de conforto, expressão que também se tornou habitual.

Em toda escolha há perdas e ganhos, portanto, uma escolha é também uma renúncia.

Quando percebemos que vamos perder algo diante de uma escolha, as vezes não realizamos tal escolha, não buscamos tal consciência e assim deixamos a vida no levar.

Veja essa informação: “Estudos mostram que, em média, 70 decisões são tomadas em um dia comum, ou seja, estamos fazendo escolhas a todo momento, escolhemos o que comer, que roupa vestir, o modo como nos comportaremos, o que vamos falar, e de que maneira falar. É claro que se pode classificar as escolhas mediante seu grau de complexidade, tendo-se em conta o tamanho de sua repercussão na vida.”

É certo que todo ser humano tem em si mesmo a capacidade de perceber o que deve ou não fazer. Porém, procrastinamos e perdemos o foco, deixando de lado o essencial.

O essencial.

As vezes não conseguimos dar nome para o essencial, é preciso fazer um processo de autoconsciência para viver com o essencial e perceber os ganhos obtidos.

É preciso abrir mão do que não presta e nos dedicar àquilo que é essencial.

Como você lida com as perdas?

Deixe aqui seu comentário.

 

27 de agosto, dia da Psicóloga

Deixo aqui os meus parabéns a todos os companheiros de profissão.

Um Obrigada a todos que valorizam e sabem a importância da psicologia nos dias atuais.

 

Depoimento de uma paciente.

“Fiz terapia durante 12 meses. No inicio tive muita dificuldade em me abrir, em aceitar as mudanças e a ouvir. Passado um tempo comecei a notar uma pequena melhora no meu jeito de agir e pensar diante de tantos problemas que estava passando. Pensei por muitas vezes desistir da terapia, mas me mantive firme. E quando minha psicóloga me deu alta, juro que queria continuar ali. Hoje vejo o quanto tudo valeu a pena, faria tudo de novo. Todos nós precisamos nos dar essa oportunidade. Hoje me sinto muito mais segura, apta a decidir corretamente. Vivo mais tranquila, feliz e leve. Dou ao problema o tamanho que ele realmente tem.”.

 

WhatsApp chat