A Arte de ser Tímido.

Engraçado essa expressão, encontrei-a no livro. E me ocorreu um questionamento: 
será que essa forma de ser é um dos motivos que leva o adolescente, o adulto a usar drogas?

Vamos refletir:
Você já pensou o quanto você é atraente? Alguns autores vão dizer; “melhor não saber, poderíamos nos tornar arrogantes”.

De um modo geral gostamos de alguns pontos físicos em nós, e de alguma coisa, mas nunca estamos conscientes de como somos.

Talvez então você possa concordar comigo: Somos todos tímidos.

A Arte grega propõe um padrão de beleza, um corpo escultural.

Ainda hoje ainda é assim.

Então nos dias mais difíceis, nosso espelho interior nos faz acreditar que somos deformados, como as gárgulas de Notre-Dame.

Finalizo hoje com essa expressão: “vejo meu reflexo, portanto sou.” Então, se veja no espelho, encontre você no seu corpo.

Maria de Lourdes Batista
Psicologa online.

Reciclar o material ou a mente humana?

22 de março, dia Mundial da Água, instituído pela ONU.

Salve o ser humano e o planeta será salvo.

Ela  é a seiva do nosso planeta. Ela é condição essencial de vida de todo vegetal, animal ou ser humano. Esse dia foi criado para alerta as pessoas sobre sua importância.

São muitas as propostas feitas pelas ONGS. Mas será que as pessoas são incentivas a tomar consciência de suas atitudes e refletir sobre suas ações?

Será que  somente mostrar as imagens dos rios, mares cheios de plásticos é o bastante para que as pessoas mudem sua atitude?  

As imagens que temos às vezes parecem surreais.

Um mar de plástico – O mar do Caribe foi tomado por resíduos de plástico


Mais plástico do que peixe.

Na História da Arte, quando estudamos o surrealismo, verificamos ser a arte do inconsciente,  é enfatizado o papel do inconsciente na atividade criativa. 

O movimento propõe sair do real para o imaginário, ou seja, perceber os pequenos detalhes da vida cotidiana.

De acordo com Freud, o homem deve libertar sua mente da lógica imposta pelos padrões comportamentais e morais estabelecidos pela sociedade e dar vazão aos sonhos e as informações do inconsciente. Para ele, a arte deveria partir do irracional, pois a criatividade verdadeiramente livre provém das profundezas pouco conhecidas da psique, chamadas por Freud de inconsciente. As imagens e sensações do sonho (no próprio sonho) não se apresentam menos reais ou importantes do que as imagens e sensações do passado.

Vivemos num mundo mecânico sem prestar atenção em nossas atitudes, jogar um papel na rua se torna simples, não se preocupar em jogar o plástico no mar, pode se tornar uma obrigação.

Mas o que está em jogo, é a nossa sobrevivência, é o ir além.

Verifique que o inconsciente está submerso, como trazer a tona as verdades escondidas de nos mesmos para a consciência?

Será que precisamos reciclar a mente humana?

Guardamos ao longo dos anos, consciente e inconscientemente, inúmeras experiências, emoções, sentimentos e memórias em nossa mente. Acrescente também os incontáveis estímulos que somos expostos todos os dias através das notícias, eventos, episódios assistidos ou vividos. Reciclar a mente se torna crucial e imprescindível para quem quer acessar um estado saudável de funcionamento emocional e físico no cotidiano.

Para reciclar é preciso conhecer.

Você acha possível?

Você acredita que se o ser humano se reciclar ele vai ter mais consciência com o planeta?

Deixe seu comentário.

Arte de viver sem vícios. O manejo de gerenciar os conflitos

Esse post de certa forma é direcionado para as famílias que não sabem como lidar com o uso indevido do álcool e outras drogas. Assim, como também está relacionado a curiosidade dos adolescentes no desenvolvimento normal e aqueles adolescentes que não conseguiram sair desse ciclo ainda. Também está ligado aqueles que não sabem viver a vida.

Como gerenciar meus conflitos?

Já alguns anos, venho estudando sobre esse tema: Viver, a arte de ser criativo, mas também em meio a tudo isso o medo de morrer.

Muitos falam sobre o sentido da vida. Um dia resolvi estudar sobre a Arte, isso fez sentido para minha vida. Resolvi dançar, cantar, desenhar, pintar – flores, fazendas, por do sol…

Viver a vida

Comecei a perceber que havia uma curiosidade imensa dentro de mim, tive o desejo de usar a maconha… não deu certo.

Estudos comprovam: 
“Depois de consumir a cannabis, a pessoa pode apresentar alguns efeitos físicos, como memória prejudicada, confusão entre passado, presente e futuro, sentidos aguçados, mas com pouco equilíbrio e força muscular, perda da coordenação, aumento dos batimentos cardíacos, percepção distorcida, ansiedade, olhos avermelhados por causa da dilatação dos vasos sanguíneos oculares, boca seca e dificuldade com pensamentos e solução de problemas.”

Percebi que não encontrava uma forma de gerenciar meus conflitos, até que um dia entrei num corredor, ou morria ou saia desta situação.

Nesse depoimento desejo falar como consegui gerenciar meus pensamentos, sentimentos e atitudes.  Foi assim.. 
Encontrei uma força interior, comecei a saber um pouco mais de quem sou eu? Assim, minha história começou, deixei de ser mais uma pessoa para ser a pessoa. Para existir, com tudo que tenho e sou.

Não sei se descrevi meus pensamento como gostaria, mas entenda que sair de um lugar escuro e encontrar a luz não tem palavras para descrever a vida, a arte de viver.

Continuo tendo conflitos… mas, eles não me levam a um lugar qualquer, me levam a um lugar certo.

O desejo de viver intensamente.

Convivendo com o crime, vestindo a rua de sangue!


Certamente é essa a sensação que  muitas pessoas possuem após o crime ocorrido na Escola, na cidade de Suzano, em Minas Gerais, uma rua vestida de sangue.

O que destacar?

Os dois garotos que planejaram?

Falar sobre a pesquisa que certamente fizeram para terem conhecimento de como concretizar a ideia? 

A menina que lutou corajosamente com um deles fugindo de sua mira e saindo viva da situação? 

Da cozinheira que pensou e colocou o maior número de alunos na cozinha, protegendo-os da ira dos garotos?

Talvez o ponto central fosse esse: eles estavam irados. 

A manchete  que causa  pânico na sociedade: Jovem provoca pânico em MG ao apoiar massacre em Suzano e ameaçar escola.  A sociedade se mobilizou, chamou a policia e ele foi preso, ele deixa isso escrito na sua rede social:

“Luto é meu p… eu devia ter feito isso na Ana Mendes tmb (sic)mas precisava ter um caminhão de munição para todo mundo que eu odeio lá, enfim, parabéns aos envolvidos”, disse. “To famoso no São Pedro de novo kkkkkkkk. F… esse lugar”, completou. 

O  neuropsicológo afirma :

“A divulgação pode potencializar algumas pessoas mais vulneráveis, sugestionáveis a querer reproduzir essa ação”, afirma Antonio Serafim, diretor da área de neuropsicologia do Hospital das Clínicas (HC).

A música do musico e compositor Gabriel Pensar diz:

“A gente pensa que é livre para falar tudo  que pensa

mas a gente sempre pensa um pouco antes de falar!

Pensa! O pensamento tem poder.

Mas não adiante só pensar. Você também tem que dizer!

Porque as palavras tem poder.

Mas, não adianta só falar. Você também tem que fazer! Faz!”

Música:  Se liga aí. (2001)

A falta de consciência nas pessoas de quem elas são, repercute mal nas suas atitudes. Pensar é poder, mas você tem que dizer, mas você tem que fazer.

Parece que os garotos não pensaram, não falaram e somente fizeram. Entrando assim no piloto automático. Jogaram, viveu um processo de identificação e passaram para ação. Não teve quem os barrassem, parece que nada os afetavam.

Suas atitudes podem transparecer o ódio contido em vista de sua não existência, todo mundo tem um pai, talvez eles tivessem, mas não era o suficiente.

Não tinham uma mãe boa suficientemente boa.

Então, de quem é a culpa?

Talvez da falta de casa, de estrutura, e essa falta já alguns anos vem acontecendo.

Fiz um atendimento para um adolescente de 10 anos,  ele não pensava, mas agia, agia para ser alguém, assustava as pessoas para amentrontar.  

O que seria oportuno ocorrer é o processo de autoconhecimento, que as famílias buscassem mais o diálogo e assim poderíamos ter esperanças em uma sociedade onde o amor fosse conhecido.

Pensar sempre, falar sempre, ter atitude baseada no processo de realização do bem.

Vamos fazer a corrente da atitude certa.

Seu filho é curioso?

A Curiosidade pode levar as pessoas  ao uso indevido do álcool e drogas?

Essa pergunta gera muitas respostas.  Primeiro, a adolescência é marcada por uma fase de muitas experiências e para os pais é um desafio acompanhar todas as mudanças.

Uma delas é o desenvolvimento corporal, outra é o envolvimento com o grupo e para ser aceito o adolescente aceita as regras que o líder do grupo impõe.

Uma segunda respostas seria que na fase da juventude  existe essa crença:

“A melhor fase da vida, a juventude, é o momento das conquistas, a época das grandes viagens, a realização de sonhos. Ou pelo menos é isso que sempre ouvimos falar. Entretanto a realidade da maioria dos jovens é bem distante deste conto de fadas mal explicado.” O jovem talvez busque a droga para acalmar seus pensamentos, temos também a palavra “desacelerar” os desejos e as ideias.

Uma terceira resposta é que na fase adulta para alguns autores tem início aos vinte e um anos de idade. Neste período, as mudanças que ocorreram na adolescência já se estabilizaram e a responsabilidade aumenta bastante.

Assim, se a responsabilidade não foi efetivada, os pais perdem o controle da situação, ou seja, o desenvolvimento do seu filho fica nas mãos de outros, pois ele vai buscar a identificação de papéis fora da estrutura familiar.

Em muitos casos, a pessoa já está financeiramente independente dos pais, parcial ou completamente, e já ingressou no mercado de trabalho. Na fase adulta as pessoas tendem a traçar suas metas e objetivos, se casam, têm filhos e planejam o futuro a partir das experiências vividas e expectativas de desejos a serem alcançados.

A fase adulta é a etapa mais longa da existência do ser humano e precisa receber maior atenção devido à diversidade de desafios colocados aos indivíduos neste período. Logo, compreender as interações que perpassam o fenômeno da vida adulta em cada ser humano é entender o processo de desenvolvimento, com seus aprendizados e singularidades. É a fase de firmar o seu papel na sociedade com responsabilidades, direitos e deveres e necessidades e desejos de novas conquistas.

Fica a reflexão. Caso seu filho não tenha responsabilidade, não tenha metas, sua curiosidade não o leva a concretizar seus pensamentos fique ligado, ele pode estar sinalizando para você que precisa de ajuda.

Aconselhamento em dependência química é fundamental.

Conheça o Programa: Arte de viver sem vícios.

Ser Paciente

Na dúvida busque ajuda.

Ser paciente em um dia de raiva pode evitar cem dias de tristeza
Dê um nome ao que o aborrece. Não fique só com as sensações, com esse desconforto que fica virando o estômago e trava a sua mente. Descreva em palavras concretas o que o incomoda.Procure a calma por alguns instantes, feche-se no seu “palácio de pensar”. É um espaço tranqüilo e sereno que só pertence a você, visualize um lugar onde você deixe de fora a raiva e as emoções negativas para se trancar com “a razão”. Pense agora qual é a melhor opção diante da aquilo que o incomoda.
Expresse de forma assertiva a razão da sua chateação. De nada serve “engolir” aquilo que nos prejudica, porque os aborrecimentos não se guardam sob a cama, se expressam em forma de palavras respeitosas para evidenciar com clareza o que nos fere, o que não queremos.
Controle, reestruture e mude de cenário.

Uma das melhores formas de administrar a revolta e a raiva é controlar aspectos como a respiração ou inclusive os processos mentais capazes de potencializar ainda mais a emoção negativa. Não procure culpados, desligue o ruído mental e os pensamentos irracionais.

Busque um orientação psico religiosa que ajudará nesse processo.

Ansiedade. Qual profissional devo procurar?

Psiquiatra? ou um Psicólogo?

O melhor é fazer o tratamento em conjunto. O psicólogo poderá lhe ajuda a compreender como seguir melhor seu tratamento, se há indicação e encaminhamento para uso de medicação que poderá ser prescrita por um psiquiatra.
Existem muitas causas para alguém desenvolver respostas de ansiedade. Vou falar mais sobre o tema para que você possa escolher melhores ideias para se ajudar no processo de cura.
Para poder acabar e tratar a ansiedade é importante não só entender o que é, mas como isso afeta sua vida diretamente, pois os sintomas podem variar de pessoa para pessoa. No geral, a ansiedade é a resposta a sentimentos e pensamentos que acompanham as pessoas ao longo da vida, ou seja, é algo normal, porém pode estar intensificado, causando mal estar e grande desconforto.

Ansiedade dosada é boa, em excesso faz mal. Ou seja, a ansiedade em si, não é mesmo o problema, mas a intensificação dos sintomas, sim, impedindo a pessoa de viver de forma plena e segura. É natural sentirmos ansiedade em determinados momentos, por exemplo, numa experiência nova, como uma prova, um teste, ou algo que temos que expor uma ideia ou apresentação.
Mas esse sentimento é negativo ou paralisante, algo está errado. A ansiedade pode causar muitos sintomas físicos ruins, além dos emocionais que afetam a qualidade das ideias, escolhas e ações.
Muitas pessoas sentem-se ansiosa por não saberem lidar com o grau de exigência pessoal, por não conseguir organizar-se dentro do tempo necessário para as coisas e também pela preocupação excessiva com o futuro. Quem perde o foco no agora, pode ficar mais preocupado e ansioso. Pode parecer um pouco difícil tratar e se livrar de vez da ansiedade, mas com um pouco de disciplina, auto percepção, tratamento especializado, você poderá se curar e sentir-se bem melhor com isso tudo. Algumas pessoas, aprendem esse comportamento, por exemplo, com os pais, sem perceber que essa não é a melhor resposta a ser dada. Quando se está com medo, também há uma resposta de ansiedade. Assim, como a impaciência e nervosismo.


O transtorno da ansiedade generalizada, é um distúrbio caracterizado por sintomas, como:


– mente agitada;– preocupação excessiva com o futuro;– coração acelerado;– tremor nas mãos;– tremor nas pernas;– tremor no corpo;– expectativa negativa sobre algo;– angústia e apreensão;– dificuldade de controlar pensamentos acelerados;– cansaço excessivo;– dificuldade de concentração;– humor alterado;– irritação (falta de paciência) – que pode levar a brigas e desentendimentos;– agressividade;– rubor;– suor excessivo;– tensão muscular;– dificuldade de relaxar;– ações compulsivas e impensadas;– ganho ou perda de peso.
O ideal é você entender quais pontos lhe causam maior preocupação. Como você lida com a ansiedade do seu dia a dia? Como você tem organizado suas ações para que possa combater a tensão?
Para alívio e cura dos sintomas, sugiro técnicas de relaxamento corporal, respiração, atividade física, hipnose, meditação, psicoterapia e uma boa avaliação com um médico ou psicólogo que será capaz de indicar um tratamento qualificado para você.
Uma dessas técnicas, como a hipnose, por exemplo, ou mais quando combinadas e indicadas por um profissional qualificado surtirá efeito na cura e bem estar.

TEXTO ORIGINAL DE MINHA VIDA

Fonte: Psicologias do Brasil

Como superar a ansiedade.

Varias pesquisas já foram realizadas para comprovar a veracidade de que as informações auxiliam no processo de entender a ansiedade.

Os Drs Richard Herbert, James D. Forman e Evan M. Gaudiano, da Universidade de Michigan, realizaram um estudo em 2008 para analisar o impacto dos livros para superar a ansiedade na população.

Com o Dr. Ellis, aprendemos que a ansiedade em si não é negativa.O preocupante é quando perdemos o controle sobre ela e a nossa realidade começa a se confundir e se tornar distorcida por essa abordagem doentia cheia de pensamentos negativos.

A ansiedade como fator positivo vem quando tomamos consciência que tudo tem seu tempo. É preciso sonhar, mas criar metas para realizar o sonho, não seja rápido, a correria do mundo atual criou uma sociedade ansiosa.

Mude sua forma de pensar, lembre que as grandes realizações,” é a soma de pequenos feitos.”

Veja 5 pontos para você trabalhar sua ansiedade:

1 AUTOCONHECIMENTO

Buscando entender a própria personalidade entendemos como funciona nossa ansiedade.

2 PRATIQUE ALGUMA FORMA DE MEDITAÇÃO

A prática de qualquer forma de meditação ajuda tanto a aprender a relaxar, respirar melhor e esvaziar a mente de preocupações e pensamentos desnecessários quanto na organização mental.

3  TENHA METAS DEFINIDAS

Quando temos metas definidas deixamos claro para nosso organismo para onde direcionar a energia; quando não temos a energia fica a deriva. Se você tem muita energia não reclame, agradeça e use isso de forma inteligente.

4 CUIDE DO SEU SONO E ALIMENTAÇÃO

O sono é um regulador natural do nosso organismo. Quando dormimos bem atingimos estados de sono profundo causando um efeito como reiniciar o sistema.

Se você desconta a ansiedade na comida busque outra atividade que possa fazer ao invés de comer: Desenhar, tocar um instrumento, beber um suco de frutas, praticar um esporte ou dança, ou outra coisa que sinta motivação.

5 DIRECIONE MAIS SEU FOCO PARA O LADO POSITIVO DAS COISAS

Ver a vida como uma oportunidade é essencial para a automotivação. Um depressivo tende a se entregar aos problemas e a ansiedade que esses trazem resumindo o mundo aos seus pontos negativos.

Um esportista, por sua vez, tende a “queimar” esse combustível gerado pela ansiedade e buscar técnicas para educá-lo em favor de suas metas de autosuperação.  Quando sabemos dar vazão a ansiedade pode se tornar em algo benéfico, uma fonte de motivação. Foco em atividades e pensamentos positivos, pois em última instância tudo é uma escolha, inclusive a ansiedade.

Precisa de ajuda? entre em contato conosco.

PLANO DE AULA

1º . ano . Ensino Médio.

1. Tema da aula: Arte na Grécia.  Pesquisa em sala de aula.  02 aulas.  – Teoria e prática

2. Recursos: Apostila ou  Slides .

3. Método:  Aula expositiva – Trabalhar antes tópicos para chamar atenção dos alunos, fazendo perguntas.

4. Desenvolvimento da Aula.

1. Apresentar o tema da aula: Arte na Grécia.

2. Roda de conversa  e exercício.

3. Oficina de desenho: Escultura Grega – Apresentar os principais mestres da escultura clássica grega.

Dar para os alunos o texto abaixo sobre Escultura Grega.

A ARTE GREGA

Enquanto a arte egípcia é uma arte ligada ao espírito, a arte grega liga-se à inteligência, pois os seus reis não eram deuses, mas seres inteligentes e justos que se dedicavam ao bem-estar do povo.

Os principais mestres da escultura clássica grega são:

    Policleto, autor de Doríforo – condutor da lança, criou  padrões de beleza e equilíbrio

    Fídias, talvez o mais famoso de todos, autor de Zeus Olímpico, sua obra-prima, e Atenéia.

    Lísipo, representava os homens “tal como se vêem” e “não como são” (verdadeiros retratos). Foi    Lisipo que introduziu a proporção ideal do corpo humano com a medida de oito vezes a cabeça.

   Praxíteles, celebrado pela graça das suas esculturas, pela lânguida pose em “S” (Hermes com  Dionísio menino), foi o primeiro artista que esculpiu o nu feminino.

    Miron, autor do Discóbolo – homem arremessando o disco.

Escultura Grega.

Não é de hoje que as pessoas, de uma maneira geral, preocupam-se muito com os padrões de beleza considerados ideais. Por exemplo, a maioria das mulheres quer ter um corpo tipo “top model”, hoje, considerado o padrão ideal de beleza feminino. Mas, esses padrões de beleza mudam de acordo com a época. Em diversas fases da História da Arte, em especial o Renascimento e o Neoclassicismo e até mesmo hoje em dia nos desenhos de histórias em quadrinhos (Super-heróis), o ideal de beleza ainda é inspirado no cânone clássico greco-romano que se formou a partir de uma medida ideal de figura humana: o cânone das oito cabeças.

Cânone ou cânon é uma palavra de origem grega que significa regra, padrão, modelo ou norma. Um modelo seria proporcionalmente perfeito e tido como símbolo de beleza se apresentasse essa medida.

Assim, um corpo normalmente constituído poderá “conter” oito vezes a medida da cabeça do modelo (figura humana). O artista grego obedecia a essas regras para obter uma representação bem proporcionada do corpo do homem ou da mulher e assim eles criaram um sistema perfeito para fazer suas pinturas e esculturas.

Um escultor grego de grande importância – Lísipo (autor da estátua do Apoxiomenos) – ampliou a proporção para oito vezes o tamanho da cabeça. Assim:

  1. Cabeça (até o queixo)
  2. Pescoço até peito (da altura do queixo passando pelo pescoço até o peito)
  3. Peito até umbigo
  4. Abdome (umbigo até quadril/púbis)
  5. Quadril até metade das coxas
  6. Metade das coxas até o joelho
  7. Joelho até metade da perna (panturrilha)
  8. Panturrilha até dedos do pé (passa pela canela, calcanhar até chegar ao pé)

    Conheça nosso produto: Apostila para Aulas de Artes – Ensino Médio. 60 páginas.