• Home
  • Escolhas.
  • Arte de viver sem vícios. O manejo de gerenciar os conflitos

Arte de viver sem vícios. O manejo de gerenciar os conflitos

Esse post de certa forma é direcionado para as famílias que não sabem como lidar com o uso indevido do álcool e outras drogas. Assim, como também está relacionado a curiosidade dos adolescentes no desenvolvimento normal e aqueles adolescentes que não conseguiram sair desse ciclo ainda. Também está ligado aqueles que não sabem viver a vida.

Como gerenciar meus conflitos?

Já alguns anos, venho estudando sobre esse tema: Viver, a arte de ser criativo, mas também em meio a tudo isso o medo de morrer.

Muitos falam sobre o sentido da vida. Um dia resolvi estudar sobre a Arte, isso fez sentido para minha vida. Resolvi dançar, cantar, desenhar, pintar – flores, fazendas, por do sol…

Viver a vida

Comecei a perceber que havia uma curiosidade imensa dentro de mim, tive o desejo de usar a maconha… não deu certo.

Estudos comprovam: 
“Depois de consumir a cannabis, a pessoa pode apresentar alguns efeitos físicos, como memória prejudicada, confusão entre passado, presente e futuro, sentidos aguçados, mas com pouco equilíbrio e força muscular, perda da coordenação, aumento dos batimentos cardíacos, percepção distorcida, ansiedade, olhos avermelhados por causa da dilatação dos vasos sanguíneos oculares, boca seca e dificuldade com pensamentos e solução de problemas.”

Percebi que não encontrava uma forma de gerenciar meus conflitos, até que um dia entrei num corredor, ou morria ou saia desta situação.

Nesse depoimento desejo falar como consegui gerenciar meus pensamentos, sentimentos e atitudes.  Foi assim.. 
Encontrei uma força interior, comecei a saber um pouco mais de quem sou eu? Assim, minha história começou, deixei de ser mais uma pessoa para ser a pessoa. Para existir, com tudo que tenho e sou.

Não sei se descrevi meus pensamento como gostaria, mas entenda que sair de um lugar escuro e encontrar a luz não tem palavras para descrever a vida, a arte de viver.

Continuo tendo conflitos… mas, eles não me levam a um lugar qualquer, me levam a um lugar certo.

O desejo de viver intensamente.

Maria de Lourdes Batista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat