PLANO DE AULA

1º . ano . Ensino Médio.

1. Tema da aula: Arte na Grécia.  Pesquisa em sala de aula.  02 aulas.  – Teoria e prática

2. Recursos: Apostila ou  Slides .

3. Método:  Aula expositiva – Trabalhar antes tópicos para chamar atenção dos alunos, fazendo perguntas.

4. Desenvolvimento da Aula.

1. Apresentar o tema da aula: Arte na Grécia.

2. Roda de conversa  e exercício.

3. Oficina de desenho: Escultura Grega – Apresentar os principais mestres da escultura clássica grega.

Dar para os alunos o texto abaixo sobre Escultura Grega.

A ARTE GREGA

Enquanto a arte egípcia é uma arte ligada ao espírito, a arte grega liga-se à inteligência, pois os seus reis não eram deuses, mas seres inteligentes e justos que se dedicavam ao bem-estar do povo.

Os principais mestres da escultura clássica grega são:

    Policleto, autor de Doríforo – condutor da lança, criou  padrões de beleza e equilíbrio

    Fídias, talvez o mais famoso de todos, autor de Zeus Olímpico, sua obra-prima, e Atenéia.

    Lísipo, representava os homens “tal como se vêem” e “não como são” (verdadeiros retratos). Foi    Lisipo que introduziu a proporção ideal do corpo humano com a medida de oito vezes a cabeça.

   Praxíteles, celebrado pela graça das suas esculturas, pela lânguida pose em “S” (Hermes com  Dionísio menino), foi o primeiro artista que esculpiu o nu feminino.

    Miron, autor do Discóbolo – homem arremessando o disco.

Escultura Grega.

Não é de hoje que as pessoas, de uma maneira geral, preocupam-se muito com os padrões de beleza considerados ideais. Por exemplo, a maioria das mulheres quer ter um corpo tipo “top model”, hoje, considerado o padrão ideal de beleza feminino. Mas, esses padrões de beleza mudam de acordo com a época. Em diversas fases da História da Arte, em especial o Renascimento e o Neoclassicismo e até mesmo hoje em dia nos desenhos de histórias em quadrinhos (Super-heróis), o ideal de beleza ainda é inspirado no cânone clássico greco-romano que se formou a partir de uma medida ideal de figura humana: o cânone das oito cabeças.

Cânone ou cânon é uma palavra de origem grega que significa regra, padrão, modelo ou norma. Um modelo seria proporcionalmente perfeito e tido como símbolo de beleza se apresentasse essa medida.

Assim, um corpo normalmente constituído poderá “conter” oito vezes a medida da cabeça do modelo (figura humana). O artista grego obedecia a essas regras para obter uma representação bem proporcionada do corpo do homem ou da mulher e assim eles criaram um sistema perfeito para fazer suas pinturas e esculturas.

Um escultor grego de grande importância – Lísipo (autor da estátua do Apoxiomenos) – ampliou a proporção para oito vezes o tamanho da cabeça. Assim:

  1. Cabeça (até o queixo)
  2. Pescoço até peito (da altura do queixo passando pelo pescoço até o peito)
  3. Peito até umbigo
  4. Abdome (umbigo até quadril/púbis)
  5. Quadril até metade das coxas
  6. Metade das coxas até o joelho
  7. Joelho até metade da perna (panturrilha)
  8. Panturrilha até dedos do pé (passa pela canela, calcanhar até chegar ao pé)

    Conheça nosso produto: Apostila para Aulas de Artes – Ensino Médio. 60 páginas.

Maria de Lourdes Batista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat