Você tem medo da solidão?

Nenhum homem é uma ilha. Esta é uma frase muito popular, e é extremamente comum encontrarmos pessoas com medo da solidão, e que vivem na solidão, pois não sabem como lidar com ela. A solidão conduz ao sentimento de vazio, se sentindo sozinho e indesejado. Nestas situações, as pessoas anseiam o contato humano, porém, a forma como se sente, faz com que seja muito difícil conectar-se com os outros. A solidão não é necessariamente sobre estar sozinho, pelo contrário, é a percepção de estar sozinho e isolado sendo que existem varias pessoas ao seu redor.

O medo da solidão impede de conviver com a sociedade, de manter relacionamentos saudáveis e até mesmo de amar. Pensando também no futuro. Pessoas solitárias por vezes tem o pensamento de não poder se apegar ao outro, criar raízes, por medo que algum dia o outro venha a abandoná-lo. Cria-se ai uma barreira enorme nas relações.

O estado de solidão, faz com que o solitário, seja cercado por pessoas que o amam e estão sempre ali.  Mas, devido a este sentimento estar cada vez mais presente, se torna impossível que o solitário note e saiba receber o amor, a atenção e o cuidado que os outros lhe oferecem. Sempre haverá uma barreirar invisível, um bloqueio ao qual precisa ser tratado. Precisamos descobrir qual trauma fez com que aquela pessoa gerasse esse medo, e estado de solidão.

Quantas vezes você já se sentiu sozinho em uma sala cheia de gente?

Quando este sentimento de solidão, esta a tona, e o medo insiste em se manter ali, é preciso fazer um mapeamento, a fim de descobrir quando ele aparece com mais intensidade em sua vida, em quais situações está presente e em quais desaparece.

É preciso saber até quando você consegue controlá-lo ou se é ele que controla você. Mapear seu sentimento irá te auxiliar na jornada de autoconhecimento, autodesenvolvimento  e também a lidar melhor com os momentos de solidão.

Temos algumas dicas que podem te ajudar a controlar a solidão:

– Permita-se aceitar que a solidão é um sinal de que algo precisa mudar;

– Compreenda os efeitos que a solidão tem na sua vida, tanto física como mentalmente;

– Faça serviço comunitário ou outra atividade que goste. Estes contextos oferecem oportunidades para conhecer pessoas novas e cultivar novas amizades e interações sociais;

– Foque-se no desenvolvimento de relacionamentos com pessoas que partilham atitudes, interesses e valores semelhantes aos seus, busque também inspirações, faça meditação;

– Espere o melhor. Pessoas solitárias muitas vezes esperam rejeição, por isso, concentre-se em pensamentos e atitudes positivos nos seus relacionamentos sociais.

Todos precisam de contato! O ser humano é movido por relacionamentos. Uma vida social é fundamental para que sejamos plenos. Vida social, não é o mesmo que um relacionamento forçado apenas para não se sentir sozinho. Lembre-se disso.

Saiba que a solidão esta ligada a depressão, síndrome do pânico, fobia social, crises de ansiedade, traumas e timidez…

Sendo assim, se você sente está apresentando estes sintomas e se sente muito solitário, algo está errado. Procure um psicólogo e ele irá te auxiliar a descobrir de onde vem esse sentimento de solidão e todos os outros que costumam acompanhá-lo. Saiba que para tudo há um tratamento.

Seja feliz! Faça terapia!

Envie um e-mail para nós.

Maria de Lourdes Batista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat